Poemas de Miguel Vieira



Poemas » miguel vieira

Miguel Vieira

Masmorras

Tristeza e, a doce flor da ausência
Acordar com o mijo das crianças
E, a total falta de esperança
Chega um momento na vida do homem
Que seu lar é um lugar estranho
Cercado de pessoas más
Valho apenas pelo pão que trago
Pouco se importa com meus sentimentos
E, com a solidão!
Viver com escravo
Sozinho em casa
Com uma multidão de gente
Minhas lágrimas invisíveis são
Isolo-me do mundo
Talvez seja Maurice Papon rejuvenescido
Sou Hitler esquecido
Sou Judas adormecido
Morro não se de corpo
Mais também de ingratidão
Escondi todos os poemas
Negando à vida
Deixei de ser poeta
Para virar letrista de banda brega
Que só canta mágoas
E, o abandono de quem sofre.

¿Te gustan los poemas de este autor?
Ayuda a dar a conocer su obra:
atemporal
1 votos
1 visitas/día
3353 dias online
Atemporal

Dor infinita de desejos
resíduos uniformimente
iludidos...... [leer completo]
eu já sei do ser, eu!
0 votos
1 visitas/día
3353 dias online
Eu já sei do ser, Eu!

O medo que sinto
as dores no peito
a certeza ... [leer completo]
procela
0 votos
1 visitas/día
3353 dias online
Sou dono de uma tristeza assustadora
Merecedora de pena
Capaz de torna-me alvo
De ... [leer completo]
marina silva
2 votos
1 visitas/día
3348 dias online
Marina menina
Que rima com sina
Nazarina... Palestina
Seringueira. . .Seringuete ... [leer completo]
sem fim
1 votos
1 visitas/día
3353 dias online
Sou poeta mediocre
De todos os poetas mediocres
Insolidez de uma leterária insupo... [leer completo]
claúdia prócula
0 votos
1 visitas/día
3353 dias online
Versos tristes
Diante da arrogância
Costumeira dos poderosos
São ver... [leer completo]
ironoa
0 votos
1 visitas/día
3351 dias online
Só escrevo poemas
Quando estou triste
Será fato ou mediocridade?
N&a... [leer completo]
égide
0 votos
1 visitas/día
3353 dias online
Fumei um cigarro
Aumentando o câncer e, a dor
De estar mais uma vez sozinho
... [leer completo]
31 momentos de solidão
1 votos
1 visitas/día
3353 dias online
Meus versos mostram
O desespero dos olhos
Lágrimas de transeuntes
Ocupados ... [leer completo]
apresentação do meu livro de poemas
0 votos
1 visitas/día
3351 dias online
Apresentação


Eu só e minha solidão é u... [leer completo]


 Compartir
Redes sociales
Facebook Twitter Google Bookmark MySpace Fresqui Meneame